A Saúde Sexual Masculina depende do bom estado geral de saúde do homem, ou seja, para ter funções erétil, ejaculatória e orgásmica normais, com um nível positivo de energia sexual, requer não só uma boa condição sexual, mas também um estado de saúde genérico favorável.

Um individuo que pratique uma boa alimentação e exercício diário, que descanse bem e tenha cuidado com a sua saúde, será mais propenso a ter boas funções erétil, ejaculatória e orgásmica do que aquele que não tenha esses cuidados.

As situações de degradação da saúde masculina poderão traduzir-se num quadro de disfunção sexual, com todas as consequências psicológicas, físicas e sociais daí resultantes, tornando-se extremamente importante solucionar este quadro rapidamente.

Essas manifestações podem ser tratadas de forma pontual, no entanto os resultados não perduram, sendo que as condições desfavoráveis que lhes deram origem irão manter-se e, por vezes, agravar-se, conduzindo assim à impotência. Assim, verifica-se necessário, um plano de tratamento mais adequado e completo, que proporcione resultados duradouros.

Uma das consequências da falta dos cuidados já descritos e causa da degradação da saúde, tem a ver com os baixos níveis de testosterona. Quando em níveis ótimos, a Testosterona, permite que o individuo se sinta com bastante energia, assegurando ossos fortes, boa ereção e líbido, coração forte, uma mente mais focada e, essencialmente, traz o sentimento de felicidade. Quando em baixos níveis, faz com que o individuo sinta tristeza, aumenta a probabilidade de desenvolver Alzheimer e disfunções sexuais, podendo até, levar à depressão profunda.

Formas de normalizar a função sexual

Para repor as funções erétil, ejaculatória e orgásmica, restabelecendo a energia sexual, é necessário regenerar os órgãos e sistemas não saudáveis. Este processo, consiste em recuperar as carateristicas anatómicas e fisiológicas anteriores à situação verificada no momento.

Sendo que, no caso específico do pénis, a regeneração poderá fazer-se recorrendo a uma das principais terapias (ou a ambas em simultâneo):

1 - A Terapia Laser de Baixa Intensidade
Que consiste em utilizar a energia eletromagnética para restabelecer a homeostase geral, sexual, genital e peniana, expandindo de novo as células adultas atrofiadas pelo processo de envelhecimento, ou devido, a condições inflamatórias. Esta terapia repõe o volume, a elasticidade, a tonicidade e as funcionalidades perdidas até ao momento.
2 – Terapia farmacológica
Normalmente usada em paralelo com a terapia laser de baixa intensidade. Esta abordagem impulsiona a reposição hormonal, obtendo efeitos semelhantes em vários tecidos e órgãos essenciais à saúde, em geral e à saúde sexual, em particular.
Estas metodologias traduzem-se em bons resultados ao nível da potência sexual, da líbido, da energia sexual e da saúde geral.

O Homem é um todo indivisível, sendo que a mente e corpo são indissociáveis, influenciando-se mutuamente, pelo que uma intervenção localizada, restringida às manifestações da doença, impossibilita a verdadeira recuperação da saúde sexual e geral. De forma que, para alcançar o chamado bom estado de saúde, é necessário promover, mutuamente e em simultâneo, a saúde sexual e a saúde geral.

Na nossa prática clínica, desenvolvemos um conceito integrado para agir sobre a patologia ou disfunção apresentada. Priorizamos a recuperação e a manutenção da saúde geral e da saúde sexual, como um todo e não individualmente, abordando, assim, a condição sexual nas vertentes de energia sexual e desempenho sexual, sendo que a fraqueza da primeira conduz à perda progressiva de poder pessoal, conduzindo à chamada impotência.

Especialidades

Saúde Sexual Masculina

Disfunção Erétil
Doenças Cardiovasculares e Disfunção Erétil
Impotência
Ejaculação Precoce
Doença de Peyronie
Ejaculação retardada e anorgasmia

Fale Connosco!

Marque uma consulta ou esclareça as suas dúvidas.

Abrir chat
Olá,
em que podemos ajudar?