218 052 092

Crescimento do Pénis (Entrevista)

  • Paciente: sei que tem décadas de experiência em matéria de saúde sexual, incluindo o tema em análise, tanto em cirurgia como em medicina! Com todo esse conhecimento e experiência, designa o seu/vosso método de trabalho como “CRESCIMENTO DO PÉNIS. Porquê “CRESCIMENTO” e não “AUMENTO”?

    Dr. José Pereira da Silva (Dr. JPS): Porque a essência e a substância do nosso conjunto de métodos de trabalho é o crescimento do pénis. Por outro lado, e em contraste com o nosso método, os diversos métodos cirúrgicos e mecânicos que conheço para aumento do pénis obtêm resultados bastante limitados:

    - Esticar o 1/3 inicial do pénis através da cirurgia de alongamento, mas, mesmo essa condição de “esticadinho” apenas se aplica ao pénis flácido, ou seja, em repouso. Não resulta, portanto, num pénis maior, mesmo que em ereção.

    - Ficar com uma “gola alta”, devido ao enxerto de gordura que lhe aumenta o volume.

    - Esticar todo o pénis sem aumento de raio/perímetro. Ou seja, fica “esticadinho”, mas não cresce.

    - Os resultados anatómico, fisiológico e estético/morfológico finais são dececionantes, mesmo quando não se verificam complicações pós-operatórias.

     

    Paciente: são frequentes as complicações com a cirurgia e os métodos mecânicos usados para aumento do pénis?
    Dr. JPS: Não são frequentes, mas podem ser catastróficas para os homens que delas sofrem. A incapacidade de funcionamento do pénis pode ir até aos 100%.

     

    Paciente: qual é o resultado esperado pelo vosso método de crescimento do pénis?

    DR. JPS: um pénis maior/crescido, harmonioso dos pontos de vista anatómico-funcional, morfológico e estético, ou seja, sem deformações, protuberâncias ou riscos (cuja aparência não seja a de um pénis “esticadinho” ou de “gola alta”). No fundo, um dos principais resultados é uma ereção de melhor qualidade.

     

    Paciente: quem pode beneficiar do vosso programa de crescimento do pénis?

    Dr. JPS: Há muitas pessoas que podem beneficiar deste programa:

    • Homens com micropénis;
    • Homens desejem fazer crescer o seu pénis;
    • Homens que identifiquem e queiram interromper e reverter a atrofia do pénis resultante do envelhecimento, da esclerose desenvolvida nos corpos cavernosos e da doença de peyronie;
    • Homens que estimam o seu pénis;
    • Mulheres que queiram tornar mais exuberantes e vistosos os genitais dos seus companheiros.

     

    Paciente: como?

    Utilizando uma combinação de instrumentos:

    - Laser médico;
    - Programas de pressão negativa;
    - Medicação tópica;
    - Medicação oral (em alguns casos).

     

    Paciente: Que resultados se obtêm?

    - Inicialmente verifica-se um crescimento do pénis rápido mas progressivo e expressivo;
    - Mais tarde pode manter-se um crescimento progressivo do órgão sexual masculino;
    - O crescimento é longitudinal e radial/perímetro, na haste e na glande, sendo variável com o potencial de crescimento de cada pénis e o tempo de duração do tratamento com cada método.
    - Melhora ou otimiza a potência sexual e melhora a sua autoestima.