218 052 092

Infecções Urinárias

  • As infecções urogenitais crónicas são directamente causadas por disfunções sexuais várias

    Normalmente, no aparelho urinário, não existem quaisquer micróbios, contrariamente ao que se passa com outros aparelhos em comunicação com o meio exterior. Assim, no intestino e na vagina existem normalmente micróbios - a respectiva flora - os quais nesses meios não são habitualmente perigosos e não provocam infecção, mas que noutros meios, nomeadamente no urinário, o podem fazer.

    As infecções urinárias podem ser definidas como a invasão e multiplicação de bactérias na urina do aparelho urinário, e a respectiva inflamação causada na bexiga e/ou nos rins. As bactérias mais frequentemente causadoras de infecção do aparelho urinário são as Escherichiae coli (Colibacilo), as Klebsielae e os Proteus, todas componentes da flora intestinal e muitas vezes presentes no meio vaginal.

    Infecções renais, infecções urinárias e infecções genitais não específicas são os géneros de infecção mais frequentemente diagnosticadas a seguir às infecções das vias respiratórias superiores.

    As infecções inflamatórias do foro urológico representam, até 80% dos casos, quadros nosológicos autónomos (pielonefrite, uretrite, cistite, prostatite, epididimo-orquite, epididimite), doenças secundárias e complicações pós-operatórias.

    As terapêuticas convencionais usadas no tratamento das infecções renais, urinárias e genitais nos homens nem sempre apresentam resultados satisfatórios. Esta realidade deve-se à insuficiente eficácia dos fármacos antibacterianos utilizados, resultante de vários factores:

    • Edemas do órgão lesado
    • Forte inibição da microcirculação no foco da infecção
    • Existência de barreiras
    • Comprometimento da função dos órgãos atingidos

    Actualmente procuram-se novas terapêuticas que assentem nos resultados das recentes pesquisas tecnológicas. A terapia com laser de baixa intensidade é um dos novos métodos que, sendo cada vez mais usado na prática urológica, abre novas possibilidades e perspectivas no tratamento das doenças renais, urinárias e genitais.

    Nem sempre as terapêuticas tradicionais usadas no tratamento das infecções renais, infecções urinárias e infecções genitais nos homens apresentam resultados satisfatórios. Nestes casos, a terapia com laser de baixa intensidade pode trazer benefícios significativos.