218 052 092

Fatores e Comportamentos de Risco

  • A importância da genética, dos hábitos de vida e da prevenção na saúde humana

    Na vida humana, a fase em que surgem as primeiras patologias é determinada por dois aspetos essenciais: os fatores de risco pré-existentes (tendência genética) e os fatores ambientais, ou hábitos de vida praticados.

    Habitualmente, as doenças manifestadas em pacientes de idade avançada associam-se ao processo de envelhecimento e aos fatores genéticos.  No entanto, hábitos de vida prolongados como o sedentarismo, o tabagismo, o consumo de álcool ou o stresse contribuem significativamente para o desenvolvimento de várias patologias.

    A combinação das alterações verificadas resulta na degradação de algumas funcionalidades e necessidades básicas, gerando situações que requerem tratamento especializado – a disfunção erétil constitui um exemplo.

    Num estudo que avaliou pessoas em estado pré-patológico do sistema cardiovascular identificaram-se os principais fatores de risco:

    Percentagem de Risco

    Ao combinarem-se 3 ou mais dos fatores de risco acima enunciados, o organismo perde capacidade de resposta ao esforço físico (nomeadamente durante o acto sexual), por muito moderado que seja.

    Contudo, são os tratamentos adequados que devolvem a saúde ao paciente, retardando o processo de envelhecimento e o surgimento de patologias associadas.

    Mas, como diz a sabedoria popular, “é melhor prevenir que remediar”. A prevenção assume, desta forma, um papel essencial na manutenção da saúde.

    Portanto, é possível rejuvenescer a idade biológica dos indivíduos, em maior ou menor grau, segundo as características genéticas e ambientais de cada um. Neste processo destacam-se os aspectos intelectual, psíquico e físico-emocional, nomeadamente quanto ao restabelecimento da saúde sexual.

    Este objetivo pode atingir-se curando a disfunção erétil ou mesmo a impotência, repondo assim a energia sexual. Para isso não basta tratar os sintomas de forma pontual e localizada. Só uma abordagem genérica e sistemática à prevenção e tratamento das patologias pode trazer os melhores resultados. É desta filosofia que a manutenção da saúde depende.

    A genética e os hábitos de vida ditam a qualidade da saúde sexual. Previna e trate atempadamente patologias sexuais como a disfunção erétil ou a impotência.