218 052 092

Psicoterapia

  • A psicoterapia é uma forma de intervenção que se destina a tratar das afecções psicológicas, a estimular o desenvolvimento pessoal e a encontrar em conjunto com o cliente os projectos que possam promover mudanças positivas para a sua vida.

    É por norma um trabalho mais aprofundado do que uma consulta de entrevista psicológica, de esclarecimento, aconselhamento ou de diagnóstico.

    A motivação da pessoa, a relação estabelecida com o psicoterapeuta e o ambiente acolhedor, confidencial e apoiante, criam o ambiente necessário para que a terapia aconteça.

    Existe um número considerável de modelos de intervenção em psicoterapia mas por norma os seus objectivos são os seguintes:

    a) Promover o conhecimento pessoal e as aptidões para lidar com os desafios que se apresentam na sua existência;

    b) Encontrar uma relação mais plena, satisfatória e consciente consigo mesmo, desenvolvendo competências de auto-regulação que promovam o cuidado com o mesmo mas também a sensibilidade para escutar e compreender o que realmente se sente e se quer;

    c) Construir com a pessoa um projecto significativo que tenha em conta a sua situação actual, a relação consigo, com os outros e com o mundo;

    d) Trabalhar de forma a potenciar uma tomada de consciência mais clara sobre o papel e o compromisso possível da pessoa no desenho, na implementação e manutenção desse mesmo projecto;

    e) Potenciar a resiliência, a autonomia e a criatividade para resolver problemas ou abrir novas possibilidades na sua vida;

    f) Desenvolver a capacidade da pessoa para oferecer uma atitude mais atenta, acolhedora e amiga de si mesma e dos outros;

    g) Criar uma relação terapêutica que zele também pelos valores do “Ser” e não só do “Ter” ou do “Fazer”;

    h) Integrar e gerir de forma autónoma as percepções e sensações do seu corpo, dos valores pessoais e do estado de espirito da pessoa.

     

    Referências bibliográficas:

    Livro de Curso da Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Existencial