218 052 092

O que é a Impotência?

  • "Está tudo na sua cabeça". Era o que muitos homens sofrendo de impotência costumavam ouvir dos seus médicos. Ao rotular-se a impotência como perturbação psicológica, muitos homens com problemas médicos acabavam por se sentir inferiores ou "menos homens". O estigma associado ao facto de se ser impotente era tão significativo que a maioria dos homens impotentes tinha dificuldade em admiti-lo perante o seu médico assistente. Aqueles que o faziam eram com frequência enviados de imediato ao psiquiatra.

    Aos homens impotentes prestava-se um mau serviço. É muito importante que percebamos que a impotência num homem experiente poucas vezes é devida a razões psicológicas. Pode ser um sintoma de perturbação psicológica, mas na maioria das situações é consequência de um problema desordem física. Em suma, provavelmente não "está tudo na sua cabeça".

    Este livro tem como objectivo, explicar em linguagem simples, a anatomia do aparelho sexual masculino e a sua fisiologia, nomeadamente a sua capacidade para obter e manter uma erecção. Se soubermos como funciona o corpo do homem, perceberemos melhor as razões da impotência masculina.

    Antes de continuarmos, definamos a impotência. A impotência é a incapacidade de obter e manter uma erecção adequada para completar o coito. A impotência não tem a ver com desejo sexual, o orgasmo ou a ejaculação. Trata-se simplesmente da incapacidade de encher o pénis com sangue e manter a erecção o tempo suficiente para obter um coito que seja mutuamente satisfatório.

    Dado que a relação sexual é uma das funções básicas na vida do ser humano, a capacidade do homem para obter e manter uma erecção pode ser vital para o seu "amor próprio". Neste livro veremos as causas de uma possível impotência. Este livro foi escrito para a ajudar o homem impotente e o seu par a compreender as razões da sua impotência e para responder às suas perguntas sobre o tratamento e eventual cura.

    O primeiro passo para abordar um problema de impotência é pesquisar, reconhecer a sua causa, averiguar se é uma impotência de base orgânica, psicológica ou mista. Uma vez este assunto esclarecido e feito o diagnóstico causal, existem várias hipóteses de tratamento: médicas, psicológicas, mecânicas, administração de medicação por via oral , em injectáveis ou até injecções penianas de substâncias vasoactivas, intervenções cirúrgicas de correcção da circulação sanguínea do pénis ou para a implantação dentro do pénis de próteses que possibilitam a um homem a indução e manutenção de uma erecção excelente e segura.

    Saiba mais no documento integral disponivel para Download.

    Ver em PDF